Para qualquer informação relativamente aos custos envolvidos, contacte-nos por favor via telefone ou email. A 1ª sessão é paga de imediato.Após o planeamento do tratamento e sabendo já quantas sessões serão necessárias, o cliente poderá optar por pacotes que poderão ajudá-lo a reduzir o custo com o tratamento.Caso o nº de sessões seja elevado ou se prolongue no tempo, outras opções poderão ser apresentadas.Caso pertença a algum sub-sistema de saúde que comparticipe os tratamentos, deixamos aqui algumas das questões a que terá de ter atenção para receber a comparticipação:

Seguros de Saúde (Empresas ou Particulares) 

Caso seja detentor de algum seguro de saúde de empresa ou privado, informe-se acerca das condições no que diz respeito à prestação ao domicílio dos serviços de Fisioterapia. Dessa forma ficará a saber de que forma poderá receber e quanto relativamente aos tratamentos a efectuar.

 

SAMS

Os tratamentos prestados ao domicílio podem ser comparticipados, mas somente mediante apresentação de:Tratamentos ao domicílio com justificação, complementada sempre por um relatório médico

Um médico Fisiatra ou médico especialista da patologia em causa é necessário para emissão de um relatório. Deverá constar no mesmo a patologia em causa e plano de tratamento preconizado, nomeadamente tipo de tratamentos e duração.Os tratamentos deverão constar na tabela dos SAMSTratamentos realizados por Fisiatra ou Fisioterapeutas, segundo as instruções do primeiroO recibo do tratamento efectuado tem de ter a informação constante na prescrição do médico e do responsável do tratamento.As comparticipações incidem somente sobre um tratamento diário. Recuperações pós-cirurgia são limitadas a 20 sessões nos tratamentos ao domicílio

 

ADSE

São comparticipados em parte quaisquer tratamentos de fisioterapia efectuados ao domicílio. No entanto essa comparticipação faz-se mediante: Prescrição por médico fisiatra e tratamento por fisioterapeuta habilitado, devendo o beneficiário apresentar o original ou fotocópia da prescrição.A prescrição deverá mencionar a identificação do beneficiário, tratamentos a efectuar, nº de sessões ou período de tempo e frequência em que se desenvolverão.

O médico requisitante deve identificar o beneficiário e indicar: tipo de tratamentos, número de tratamentos ou tempo previsto para os tratamentos e frequência.

Naturalmente os tratamentos deverão ser administrados pelos mesmos profissionais acima mencionados (fisiatra ou fisioterapeuta)

O recibo do tratamento efectuado tem de ter a informação constante na prescrição do médico e do responsável do tratamento.As comparticipações incidem somente sobre um tratamento diário num total de 5 tratamentos diários.