A definição de Terapia Ocupacional é:

“Avaliação, tratamento de habilitação de indivíduos com disfunção física, mental, de desenvolvimento, social ou outras, utilizando técnicas terapêuticas integradas em actividades seleccionadas consoante objectivo pretendido e enquadradas na relação Terapeuta/utente; prevenção da incapacidade, através de estratégias adequadas com vista a proporcionar ao indivíduo o máximo de desempenho e autonomia nas suas funções pessoais, sociais e profissionais, e, se necessário, o estudo e desenvolvimento das respectivas ajudas técnicas, em ordem a contribuir para a melhoria da qualidade de vida.”

Decreto-Lei 564/99, de 21 de Dezembro

No entanto e de uma forma mais prática, a Terapia Ocupacional pode apoiar os pessoas no seu dia-a-dia, minimizando os efeitos da idade e consequente perda de faculdades físicas ou Psíquicas

Reabilitação na área da psiquiatria/saúde mental

Tratamento de Lesões do sistema ósseo e muscular (Dedo em gatilho, Tendinites, Artrite reumatóide, Fibromialgia, Queimaduras)

Identificação das Barreiras Arquitectónicas (obstáculos) e consequente apoio sobre como preparar o domicílio para a nova realidade de mobilidade com mais dificuldades.

Intervenção em dificuldades naturais na 3ª idade

Intervenção em Doenças Neurológicas nomeadamente em Doença de Parkinson, Doença de Alzheimer, AVC´s, Paralisia Cerebral, Esclerose Múltipla, etc

Apoio a crianças e adultos com atrasos/défices no desenvolvimento

Os nossos profissionais prestam serviço em instituições (lares, IPSS´s, associações) que lidam diariamente com este tipo de obstáculos, estando por isso perfeitamente seguros que a sua experiência poderá ajudá-lo a si também.

Este serviço pode ser prestado em Instituições, Empresas (ex. farmácias) e ao domicílio para particulares, sendo especialmente importante após algum episódio de saúde que tenha diminuído significativamente as capacidades de uma pessoa, seja ela criança, adulto ou idoso.